TV Centro Sul

Polícia Civil captura ex-fuzileiro naval apontado como chefe de grupo criminoso no Ceará

Por Equipe Iguatu.net em 18/11/2020 às 10:10:36

Mais uma a√ß√£o qualificada realizada pela Polícia Civil do Estado do Cear√° (PCCE) resultou na pris√£o de um homem apontado como chefe de grupo criminoso atuante no Maci√ßo do Baturité. A pris√£o ocorreu no último domingo, dia 15 de novembro, quando o suspeito fazia compra de votos na cidade de Reden√ß√£o, cidade pertencente à √Ārea Integrada de Seguran√ßa 15 (AIS 15) do Estado. Detalhes da opera√ß√£o policial foram divulgados na manh√£ desta ter√ßa-feira (17), na sede da Superintend√™ncia da Polícia Civil, no Centro de Fortaleza.

Bruno Rafael Nascimento Leandro (30), vulgo "Rafael Finim", que j√° responde por homicídio, roubo, associa√ß√£o criminosa, porte e posse ilegal de arma de fogo, é ex-fuzileiro naval e atualmente é acad√™mico de direito, cursando o 9¬ļ semestre em uma faculdade particular. Ele, que j√° é velho conhecido da Polícia, foi capturado na companhia de Francisco Jorge Souza de Farias (36), que n√£o registrava antecedentes criminais anteriores.

A dupla foi localizada em um veículo Corolla de cor branca. Os policiais civis acompanharam quando os homens se aproximavam de pessoas e o passageiro fazia algumas entregas. Quando a dupla seguiu para um domicílio eleitoral no Centro da cidade, onde "Rafael Finim" votaria, eles foram abordados. No carro, os policiais localizaram a quantia de cerca de R$ 2,2 mil, cadernos com anota√ß√Ķes referentes ao crime de agiotagem, cart√Ķes e extratos banc√°rios em nome de terceiros, além de aparelhos celulares.

Após a captura, os homens foram conduzidos para a sede da Draco, onde foram autuados em flagrante por integrar organiza√ß√£o criminosa, além de compra de votos. Nessa segunda-feira (16), a dupla passou por audi√™ncia de custódia, quando tiveram as pris√Ķes em flagrante convertidas para preventivas.

O secret√°rio da Seguran√ßa Pública e Defesa Social (SSPDS), Sandro Caron, falou durante a coletiva de imprensa sobre o histórico criminoso do preso. "Sabemos que ele tem um histórico de atua√ß√£o de no mínimo dez anos no crime organizado. Atuava de forma interestadual. Passando pelo Cear√°, Rio Grande do Norte e Pernambuco. Destaco aqui, que ele é ex-fuzileiro naval e por isso tinha grande treinamento militar. Durante muito tempo, usou esse treinamento militar para pr√°tica de crime, como homicídios e roubo a banco. Atualmente é acad√™mico de direito e estava no 9¬į semestre, ou seja, próximo a se formar", falou Caron.

Sandro Caron falou ainda do trabalho que vem sendo desenvolvido pela PCCE. "Destaco mais essa a√ß√£o, extremamente qualificada, realizada pela Polícia Civil que vem dentro da linha, que foi implantada pela SSPDS em conjunto com o delegado-geral Marcus Rattacaso, no que concerne no combate com ao crime organizado no Cear√°. Estamos focados nas capturas de chefias de grupos criminosos, como essa a√ß√£o de hoje, assim como a descapitaliza√ß√£o, atingindo o patrimônio que financia esses grupos. Ressalto que trabalharemos incansavelmente para enfraquec√™-los e, em consequ√™ncia, diminuir os índices criminais", frisou o secret√°rio.

Denúncias

Para combater a atua√ß√£o de grupos criminosos no Estado, a Delegacia de Repress√£o às A√ß√Ķes Criminosas Organizadas (Draco) conta com a participa√ß√£o da popula√ß√£o para repassar informa√ß√Ķes que auxiliem os trabalhos investigativos. Por isso, a unidade especializada da Polícia Civil do Cear√° mantém um número de WhatsApp para receber denúncias de a√ß√Ķes criminosas em todo o Estado. A popula√ß√£o pode enviar mensagens de texto, √°udios, fotos e vídeos para o número (85) 98969-0182.

As denúncias também podem ser feitas, por meio de liga√ß√£o gratuita, para o 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Seguran√ßa Pública e Defesa Social (SSPDS). O sigilo e o anonimato s√£o garantidos.

Fonte: SSPDS

Zenir

Coment√°rios

fic