Flora 2014
|

Polícia Civil recupera dezenas de cadeiras de rodas pertencentes à Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza

Diversos produtos como dezenas de cadeiras de rodas pertencentes à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Fortaleza e parte de uma carga de medicamentos foram recuperados pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), com um homem suspeito de comercializar cargas roubadas. A ofensiva, desenvolvida por equipes da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC), foi realizada na última quinta-feira (06) e resultou também na localização de partes de outras mercadorias subtraídas, como materiais de alumínio, roupas e livros, entre outros.

O preso foi identificado como Wellington Rocha Marques da Nóbrega (28), que responde por porte ilegal de arma de fogo, estupro de vulnerável, crime de violência doméstica e furto qualificado. Ele é suspeito de comercializar mercadorias oriundas de assaltos. A Polícia Civil chegou até o suspeito durante trabalhos de investigação sobre roubos de cargas ocorridos em Fortaleza. No decorrer das apurações, os policiais da DRFVC receberam informações de que o infrator estaria na posse de diversos produtos subtraídos.

Os levantamentos policiais levaram os agentes de segurança à residência de Wellington, no bairro Barroso – Área Integrada de Segurança 3 (AIS 3) de Fortaleza, e, lá, foi constatado o envolvimento dele no esquema criminoso. No local, foram apreendidas várias calhas de lâmpadas roubadas. O homem foi abordado próximo a casa e ainda indicou aos investigadores o endereço do esconderijo de mais produtos subtraídos: uma residência no distrito de Tapera, em Aquiraz. No imóvel, foram localizados diversos objetos de origem ilícita, como materiais de alumínio, 23 cadeiras de rodas e aparelhos de ar condicionado pertencentes à SMS de Fortaleza, além de parte de uma carga de medicamentos (63 caixas) tomada de assalto em Setembro, próximo a Umirim – avaliada no total de R$ 122 mil.

Os agentes de segurança também apreenderam 24 livros, pneus e utensílios de cozinha, além de dois automóveis (ambos de modelo Astra com placas HXI-7496 e GOL-4823). Wellington foi conduzido à sede da DRFVC e autuado em flagrante por receptação qualificada. De acordo com o delegado Diego Barreto, titular da delegacia especializada, as investigações continuam no sentido de descobrir como os produtos pertencentes à SMS foram parar nas mãos do preso: “Vamos seguir com os trabalhos para saber como Wellington teve acesso às mercadorias”, explica Barreto.

Fonte: SSPDS



Deixe um comentário

Real Time Web Analytics