Flora 2014
|

Ex-presidiário conhecido por “Gato a jato” é morto a tiros em Icó

Um homicídio a bala ocorreu hoje por volta das 9:30 da manhã, na Br 116, na rotatória de acesso ao distrito de Icozinho, nesta cidade. O carpinteiro Halisson Rodrigues Correia, de 28 anos, conhecido por “Gato a Jato”, que morava no conjunto NH 2, foi morto a tiros quando trafegava na garupa de uma moto guiada por Raimundo Nonato, que é casado com sua prima.
De acordo com informações do motoqueiro Raimundo Nonato, uma dupla se aproximou da motocicleta e abriu fogo contra Gato a Jato. O motoqueiro desgovernado ainda veio a cair. Os matadores fugiram em seguida. Gato a Jato respondia por porte ilegal de arma de fogo, resistência a prisão e era suspeito de efetuar disparos de arma de fogo ano passado no período eleitoral em residências de simpatizantes político.

Os inspetores Hugo, Pedro Jorge, Pinheiro e Magno, além de militares comandados pelo capitão Segisnaldo estiveram no local isolando o cenário do crime bem como realizando os primeiros levantamentos de praxe. Gato a Jato tería sido morto em um provável acerto de contas, mas tudo estar sendo investigado pelo delegado regional de polícia civil Erlon Leite Fernandes dos Reis.

O motoqueiro Raimundo Nonato prestou depoimento na manhã de hoje ao delegado Erlon Leite a cerca do fato, bem como familiares da vítima. O corpo de Halisson Rodrigues foi encaminhado de Icó para ser necropsiado na Pefoce de Iguatu. O carpinteiro e ex-presidiário Gato a Jato tinha chegado recentemente do Rio de Janeiro.

Via portal Icó NEWS


Deixe um comentário

Real Time Web Analytics